Spray Melatonina Ydrosolv ®

A Melatonina é um hormônio neuroendócrino produzido principalmente pela glândula pineal secretado pelo Sistema Nervoso Central (SNC), responsável pela regulação do ciclo circadiano e, assim, pela higiene do sono. Entretanto, diversos estudos demonstram que as ações da melatonina são mais diversas, como forte agente anti-inflamatório e antioxidante.
 
Um produto derivado da Melatonina Ydrosolv®. O formato em spray facilita a utilização, trazendo mais praticidade no dia a dia. Este formato também favorece a  personalização, pois a dose pode ser facilmente ajustada pelo profissional de saúde.
 
A Melatonina é um hormônio que auxilia em casos de Distúrbios do sono, como a insônia, problemas de regulação do ciclo circadiano provenientes de doenças ou tratamentos. Além de apresentar mecanismos antioxidantes.

Sua higiene do sono em jato!

Melatonina líquida, em spray, formulada apenas
com ingredientes seguros e de qualidade comprovada.

Apresentação líquida
e spray facilita a sua
suplementação
no dia a dia.

A Melatonina é um hormônio secretado pelo Sistema Nervoso Central (SNC), responsável pela regulação do ciclo circadiano e, assim, pela higiene do sono. 

Praticidade na hora de dormir!

Facilitando a suplementação diária, elevamos a sua facilidade de uso, trazendo a praticidade do Spray em conjunto com a dose diária necessária para o tratamento.

Mais qualidade e uma nutrição segura e eficiente

A melatonina no formato líquido, em spray, é uma alternativa que favorece a personalização, facilitando a utilização e proporcionando mais eficiência no processo de suplementação. A formulação utiliza apenas ingredientes seguros, com qualidade comprovada, e é livre de ingredientes controversos, preservantes, aroma e corantes. Uma fórmula limpa, segura e com alta eficiência.

O sistema de liberação lipídico é extremamente eficaz e apresenta várias vantagens para a veiculação da melatonina como suplemento alimentar. Em termos práticos, a tecnologia Ydrosolv ® proporciona um maior desempenho de atuação da melatonina , incluindo:

Personalização;

Ingredientes seguros e de qualidade comprovada;

Facilidade de incorporação em alimentos e bebidas.

Ingredientes:

Ingredientes: água, melatonina, agente de massa glicerol, e emulsificante lecitina.

Alérgicos:

Contém derivados de soja. Não contém Glúten.

⦁ Dobson R, et al. Pract Neurol 2017;0:1–8. doi:10.1136/practneurol-2017-001720
⦁ SOCIEDADE BRASILEIRA DE PATOLOGIA CLÍNICA. Posicionamento de intervalos de referência de Vitamina D. Disponível em: <https://www.sbpc.org.br/pt/noticias-e-eventos/noticias/373-posicionamento-de-intervalos-de-referencia-de-vitamina-d>.
⦁ Bischoff-Ferrari, H.A., Shao, A., Dawson-Hughes, B. et al. Benefit–risk assessment of vitamin D supplementation. Osteoporos Int 21, 1121–1132 (2010). https://doi.org/10.1007/s00198-009-1119-3
⦁ Amrein, K., Scherkl, M., Hoffmann, M. et al. Vitamin D deficiency 2.0: an update on the current status worldwide. Eur J Clin Nutr 74, 1498–1513 (2020). https://doi.org/10.1038/s41430-020-0558-y
⦁ Singh, P., Rawat, A., Alwakeel, M. et al. The potential role of vitamin D supplementation as a gut microbiota modifier in healthy individuals. Sci Rep 10, 21641 (2020). https://doi.org/10.1038/s41598-020-77806-4
⦁ Acessado em 15/03/2024: ⦁ https://agencia.fiocruz.br/estudo-revela-que-brasileiros-tem-deficiencia-de-vitamina-d-mesmo-no-verao#:~:text=Foi%20considerado%20com%20insufici%C3%AAncia%20de,50%2C9%25%20no%20geral.

⦁ Hollander, D., and T. C. Truscott. “Mechanism and site of small intestinal uptake of vitamin D3 in pharmacological concentrations.” The American journal of clinical nutrition 29.9 (1976): 970-975.
⦁ Acessado em 29/02/2024: https://www.msdmanuals.com/pt/casa/dist%C3%BArbios-nutricionais/vitaminas/excesso-de-vitamina-d
⦁ Câmara J. L.; Vitamin D: a narrative review DOI: 10.34119/bjhrv4n2-152 (2021).
⦁ Pawel Pludowski, Michael F. Holick, William B. Grant, Jerzy Konstantynowicz, Mario R. Mascarenhas, Afrozul Haq, Vladyslav Povoroznyuk, Nataliya Balatska, Ana Paula Barbosa, Tatiana Karonova, Ema Rudenka, Waldemar Misiorowski, Irina Zakharova, Alena Rudenka, Jacek Łukaszkiewicz, Ewa Marcinowska-Suchowierska, Natalia Łaszcz, Pawel Abramowicz, Harjit P. Bhattoa, Sunil J. Wimalawansa,Vitamin D supplementation guidelines,; The Journal of Steroid Biochemistry and Molecular Biology, 2018, https://doi.org/10.1016/j.jsbmb.2017.01.021.
⦁ – Singh, P., Rawat, A., Alwakeel, M. et al. The potential role of vitamin D supplementation as a gut microbiota modifier in healthy individuals. Sci Rep 10, 21641 (2020). https://doi.org/10.1038/s41598-020-77806-4
⦁ – Chuyue Xiang, Jian Gao, Haoxin Ye, Gerui Ren, Xiangjuan Ma, Hujun Xie, Sheng Fang, Qunfang Lei, Wenjun Fang, Development of ovalbumin-pectin nanocomplexes for vitamin D3 encapsulation: Enhanced storage stability and sustained release in simulated gastrointestinal digestion, Food Hydrocolloids, 2020, https://doi.org/10.1016/j.foodhyd.2020.105926.

× Como posso te ajudar?